Salmo 022 - Aflição e Ação de Graças do Justo

 
Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste ? Longe estão de valer-me as palavras de meus brados. Meu Deus, clamo de dia e não respondes; de noite, e não encontro sossego. Todavia, tu és o Santo, o entronizado para o louvor de Israel. Em ti confiavam nossos pais; confiavam e tu os punhas a salvo; clamavam a ti e ficavam livres, confiavam em ti e nunca foram decepcionados. Mas eu sou um verme e não mais um homem, o opróbrio dos homens e o desprezo do povo. Todos os que me vêem, zombam de mim, torcem os lábios e meneiam a cabeça: "Recorra ao Senhor para que o ponha a salvo e o liberte, se tanto o ama!" 
Na verdade, és tu que me tiraste do ventre materno e me confiaste aos seios de minha mãe. Desde o nascimento estou aos teus cuidados, desde o ventre de minha mãe, tu és o meu Deus. Não fiques tão longe de mim, pois o perigo está perto, e não há quem me ajude. Rodeiam-me muitos novilhos, cercam-me touros de Basã. Abrem contra mim suas
fauces; Leões que devoram e rugem. Estou como água derramada e tenho todos os ossos desconjuntados. Meu coração é como era, a derreter-se em minhas entranhas. Meu vigor está ressequido como o barro queimado, minha língua adere ao paladar, e tu me lanças ao pó da morte. Na verdade, rodeiam-me mastins, cerca-me um bando de malfeitores, e
estou tolhido de mãos e pés; posso contar todos os meus ossos. Eles fixam o olhar em mim e me observam; repartem entre si, minhas vestes e sobre minha túnica, lançam a sorte. Não fiques tão longe, Senhor! 
Tu, minha força, vem depressa em minha ajuda! Livra da espada minha vida, minha única vida, das garras dos cães! Salva-me da boca do leão, e dos chifres dos búfalos! Eis que me atendeste! Falarei de teu nome aos irmãos, e te louvarei no meio da assembléia: "Vós, que temeis o Senhor, louvai-o! Glorificai-o vós todos, descendentes de Jacó!
Venerai-o vós todos, descendentes de Israel! Porque ele não desprezou nem desdenhou o aflito em sua tribulação nem lhe ocultou a face, mas ouviu-o quando gritou por socorro". De ti vem meu louvor na grande assembléia. Cumpro meus votos diante dos que o temem. Os desvalidos comerão até saciar-se, louvarão o Senhor, os que o buscam: "Viva o
vosso coração para sempre!" Do Senhor se lembrarão e a ele se converterão todos os confins da terra, e diante de sua face se prostrarão todas as famílias das nações, porque do Senhor é a realeza, e é ele quem governa as nações. Saciados, se prostrarão todos os potentados da terra, diante dele se inclinarão todos os que descem ao pó.
Já que ninguém conserva viva sua alma, Que sirvam os descendentes e falem do Senhor à geração vindoura, e ao povo que há de nascer, proclamem a justiça que ele fez!

www.valever.com.br

[Voltar]