Salmo 051 - Confissão do Pecador Penitente

 
Tem piedade de mim, ó Deus, por tua bondade! Por tua grande compaixão, apaga meus delitos! Lava-me por completo da minha iniqüidade e purifica-me do meu pecado! Pois reconheço meus delitos e tenho sempre presente o meu pecado.
Contra ti, só contra ti, pequei, radiquei o mal diante de teus olhos. Serás considerado justo na sentença, incontestável no julgamento. Eis que nasci em iniqüidade, em pecado, minha mãe me concebeu. Eis a verdade! Tu a queres no fundo do coração: Ensina-me, pois, no íntimo, a sabedoria! Purifica-me com o hissope e ficarei limpo! Lava-me e ficarei mais branco que a neve! Faze-me sentir gozo e alegria, e exultem os ossos que quebrantaste! Desvia tua face de meus pecados e apaga todas as minhas faltas! Ó Deus, cria em mim um coração puro, e suscita em meu peito um espírito resoluto! Não me rejeites de tua presença nem retires de mim teu santo espírito! Concede-me o gozo de tua salvação e um espírito generoso que me ampare! Ensinarei aos ímpios teus caminhos e, para ti, voltarão os pecadores. Livra-me da pena de sangue, ó Deus, meu Deus salvador, e minha língua aclamará tua justiça. Abre, Senhor, os meus lábios e minha boca proclamará teu louvor. Não queres que eu te ofereça um sacrifício, nem aceitarias um holocausto. Em vez de sacrifícios, ó, Deus, um espírito contrito, sim, um coração contrito e humilhado tu, ó Deus, não rejeitas. Em tua benevolência, favorece a Sião e reconstrói os muros de Jerusalém. Então aceitarás os sacrifícios prescritos: holocaustos e oferendas completas, como também novilhos, imolados sobre teu altar.

www.valever.com.br

[Voltar]