Salmo 058 - Invectivas Contra Juízes Iníquos

 

É verdade que ditais sentenças justas, ó potentados ? Julgais segundo o direito, ó filhos dos homens ? Não! Já no coração tramais a iniqüidade, com vossas mãos distribuís a violência sobre a terra.
Os ímpios se extraviam desde o seio materno, os mentirosos se pervertem desde o nascimento. Trazem veneno semelhante ao da serpente; tapando os ouvidos são surdos como a víbora, que não ouve a voz do encantador, perito em fazer encantamentos. Ó Deus, quebra-lhes os dentes na boca!
Senhor, despedaça estas mandíbulas de leão! Eles se diluam escorrendo como água, fiquem gastos como flechas já usadas! Como lesmas a deslizar, assim se esparramem, e, como um feto abortivo de mulher, não vejam o sol!
Sejam como verdes espinheiros, consumidos ao calor do fogo, antes mesmo que o sintam vossas marmitas! Alegre-se o justo ao ver a vingança, e banhe os pés no sangue do ímpio! E os homens dirão: "Sim, há recompensa para o justo; sim, existe um Deus que faz justiça na terra".

www.valever.com.br

[Voltar]