Salmo 068 - Epopéia Triunfal de Israel

 

Deus se levanta: os inimigos se dispersam, fogem de sua presença os que o odeiam.
Como a fumaça que se dissipa e desaparece, como a cera que ante o fogo se derrete, assim perecem os ímpios, diante de Deus. Mas os justos se alegram, exultam diante de Deus e dançam de alegria. Cantai a Deus, entoai salmos ao seu nome, preparai o
caminho ao cavaleiro das estepes! Exultai diante daquele, cujo nome é: o Senhor!
Pai dos órfãos, defensor das viúvas: tal é Deus na santa morada. Aos enjeitados, Deus recolhe em pátrio lar, e aos cativos faz sair ao som da música, mas os rebeldes ficarão retidos no deserto. Deus, quando saíste à frente de teu povo, quando avançaste pelo deserto, a terra tremeu, os céus gotejaram diante de Deus, no Sinai, diante de Deus, do Deus de Israel. Derramaste, ó Deus, chuva abundante; tua herdade estava ressequida: tu a restauraste. Nelas se fixaram tuas criaturas; bondosamente as preparaste, ó Deus, para os indefesos. O Senhor dá a notícia, e milhares de mensageiras a transmitem: "Fogem os reis, fogem com seus exércitos, e a dona de casa reparte os despojos". Ficareis descansando junto aos apriscos, havendo asas de pomba recamadas de prata, que pertenciam aos reis que o poderoso dispersou como flocos de neve caindo no Salmon ? Montanha de Basã: montanha altíssima! Montanha de Basã: montanha escarpada! Por que, montanhas escarpadas, invejais a montanha onde Deus se compraz em morar, onde o Senhor habitará para sempre ? São muitos milhares os carros de Deus; com eles, o Senhor do Sinai entrou no santuário. Subiste às alturas levando os cativos; tomaste os homens por tributo, até mesmo os que se recusavam a morar ali, Senhor Deus. Bendito seja o Senhor todo dia! Quem toma conta de nós é o Deus da nossa salvação.

Nosso Deus é um Deus salvador: o Senhor Deus liberta da morte, porque Deus esmaga a cabeça dos inimigos, o crânio cabeludo dos que persistem no mal.
Disse o Senhor: "Eu os farei regressar de Basã, eu os farei regressar do fundo do mar, para banhares os pés em seu sangue, reservando-se à língua de teus cães uma parte dos inimigos. Já se contempla tua procissão, ó Deus, tua procissão, meu Deus e meu Rei, até o santuário. Frente os cantores, seguidos pelos músicos; no meio, as virgens tocando pandeiros: "Bendizei a Deus nas assembléias, ao Senhor, vós, da estirpe de Israel!" Eis que Benjamin, o mais jovem, lidera os príncipes de Judá com suas tropas, os príncipes de Zabulon, os príncipes de netfali. Já que se apelou para teu poder divino, mostra agora, ó Deus, tua
força com que atuaste em nosso favor, no santuário de Jerusalém, aonde reis vêm te trazer presentes! Ameaça a fera dos juncos, com sua manada de touros e com os novilhos dos povos, para que se prostre, com linguotes de prata, ela, que dispersava povos belicosos! Venham os magnatas do Egito, e a Etiópia estenda as mãos para Deus! Reinos da terra, cantai a Deus, entoai salmos ao Senhor, que cavalga pelo céu, pelo céu antiqüíssimo, e faz ressoar sua voz, sua voz poderosa!
Proclamai o poder de Deus: "Sobre Israel, sua majestade! E sobre as nuvens, sua soberania!" De seu santuário, Deus infunde temor: esse é o Deus de Israel, que dá ao povo poder e vigor. Bendito seja Deus!

www.valever.com.br

[Voltar]