Salmo 94 - Imprecação Contra os Opressores

 

Senhor, Deus justiceiro, manifesta-te, Deus justiceiro! Levanta-te, juiz da terra, paga aos soberbos o que merecem! Até quando, Senhor, os ímpios, até quando os ímpios triunfarão ? Descarados, proferindo insolências, vão se gabando esses malfeitores ? Eles esmagam teu povo, Senhor, oprimem tua herança; massacram a viúva e o estrangeiro, assassinam os órfãos. Eles dizem: "o senhor não o vê, o Deus de Jacó não o percebe. Prestai atenção, gente insana! Insensatos, quando compreendereis ? Quem fixou o ouvido não o ouvirá ? Quem plasmou os olhos não verá ? Não há de punir quem educa as nações e ensina aos homens a ciência ? O Senhor conhece os pensamentos humanos, que não passam de sopro. Feliz o homem a quem corriges, Senhor, a quem ensinas tua lei, para que tenha paz nos dias maus, enquanto para o ímpio se cava a sepultura! O Senhor não rejeita seu povo nem abandona sua herdade. A sentença terá por norma a justiça, com o apoio de todos os corações retos. Quem se levanta a meu favor contra os perversos ? Quem se coloca a meu lado contra os malfeitores ? Se o Senhor não me tivesse auxiliado, eu já habitaria no silêncio. Tão logo eu dizia: "meu pé vacila", teu amor, Senhor, me sustentava. Ainda que se multipliquem dentro de mim as preocupações, tuas consolações deliciam minha alma. Serás cúmplice do trono criminoso que cria a miséria por decreto ? Atentam contra a vida do justo e condenam à morte o inocente. Mas o Senhor é meu baluarte, meu Deus é minha rocha de refúgio. Fará cair sobre eles sua iniqüidade e os destruirá por suas maldades; o Senhor, nosso Deus os destruirá.

www.valever.com.br

[Voltar]