Salmo 119 - Elogio da Lei Divina

 

Felizes os de conduta íntegra, que andam na lei do Senhor! Felizes os que observam suas leis e o procuram de todo o coração, que não cometem a iniqüidade, e que andam em seus caminhos! Tu promulgas teus preceitos, para que sejam guardados com diligência. Que se consolidem meus caminbhos, na observância de tuas prescrições! Não ficarei decepcionado, ao observar todos os teus mandamentos. Eu te darei graças, de coração sincero, ao aprender teus justos decretos. Quero observar tuas prescrições, não me abandones jamais!

Como poderá um jovem manter conduta irrepreensível ? Cumprindo tua palavra. Procuro-te de todo o coração; não deixes desviar-me dos teus mandamentos! No coração conservo tua palavra para não pecar contra ti. Bendito és tu, Senhor: ensina-me tuas prescrições! Enumero com lábios, todas as sentenças de tua boca. Encontrei alegria no caminho de tuas leis, como no acúmulo de riquezas. Meditarei em teus preceitos e contemplarei tuas veredas. Deleito-me em tuas prescrições, não esquecerei tua palavra.

Concede este favor a mim, teu servo: deixa-me viver na observância de tua palavra! Abre meus olhos para eu ver as maravilhas de tua lei. Sou um peregrino na terra: não me ocultes teus mandamentos! Minha alma se consome, sempre ansiosa de teus decretos. Advertiste os soberbos, os malditos que se desviam de teus mandamentos. Aparta de mim o insulto e o desprezo, porque tenho observado tuas leis. Ainda que os príncipes se assentem para confabular sobre mim, teu servo medita em tuas prescrições. Tuas leis são minhas delícias, minhas conselheiras.

Eis-me prostrado no pó: reanima-me segundo tua palavra! Mostrei meus caminhos e me atendeste: Ensina-me tuas prescrições! Instrui-me no caminho de teus preceitos e meditarei em tuas maravilhas. A tristeza faz-me a alma chorar: reanima-me, segundo tua palavra! Afasta-me do caminho do erro e dá-me a graça por meio de tua lei! Escolhi o caminho da fidelidade, puz, diante de mim, teus decretos. Apeguei-me às tuas leis: Senhor, não me decepciones! Correrei pelos caminhos de teus mandamentos, quando me dilatares o coração.

Mostra-me, Senhor, o caminho de tuas prescrições, para que eu as guarde até o fim! Ensina-me a observar tua lei e a observarei de todo o coração. Encaminha-me na trilha dos teus mandamentos pois nela me delicio. Inclina meu coração para tuas leis, e não para a avareza! Desvia meus olhos do fascínio da ilusão e reanima-me em teu caminho! Cumpre, com teu servo, a promessa feita aos que te reverenciam! Afasta de mim a vergonha de ser pusilânime, porque teus decretos são benevolentes. Eis que almejo teus preceitos! Reanima-me com tua justiça!

Venham sobre mim, Senhor, teus favores, e tua salvação segundo tua promessa, para responder aos que zombam de mim, porque confio em tua palavra. Jamais me tire da boca a palavra da verdade, porque espero em teus decretos. Cumprirei, sem cessar, tua lei, para todo o sempre. Andarei por um caminho plano, porque procuro teus preceitos. Diante dos reis falarei tuas leis e não me envergonharei. Teus mandamentos são minha delícia: eu muito os amo. Levantarei a mão para teus mandamentos, que muito amo, e meditarei em tuas prescrições.

Lembra-te da palavra dirigida ao teu servo, pela qual me deste esperança! É este meu consolo na aflição, tua promessa que me reanima. Demais me insultaram os insolentes, mas não me afastei de tua lei. Lembrei-me, Senhor, dos teus decretos de outrora, e fiquei consolado. Arrebatou-me a indignação contra os ímpios que abandonam tua lei. Tuas prescrições são o objeto de meus cânticos, em minha casa de peregrino. De noite lembro-me teu nome, Senhor, para observar tua lei. Eis o que me compete: guardar teus preceitos

"É meu quinhão, Senhor - disse eu - , guardar tua palavra". De todo o coração busco teu favor: Tem piedade de mim, segundo sua promessa! Considerei meus caminhos, a fimd e dirigir meus pés conforme tuas leis. Apresso-me, sem demora, a observar teus mandamentos. Os laços dos ímpios envolviam-me, mas não me esqueci de tua lei. Levanto-me em plena noite para dar-te graça pelos teus justos decretos. Sou amigo de todos os que te reverenciam e guandam teus preceitos. Senhor, a terra está repleta de tuas benevolência: ensina-me tuas prescrições!

Trataste teu servo com bondade, segundo tua palavra, Senhor. Ensina-me o conhecimento e a experiência da bondade porque me fio em teus mandamentos. Antes de ser humilhado, eu andava extraviado, mas agora guardo tuas ordens. Tu és bom e benfazejo: ensina-me tuas prescrições! Os insolentes urdem insídias contra mim; guardo, porém, seus preceitos, de todo o coração. O coração deles é gordura espessa, mas eu me deleito em tua lei. Foi bom para mim ser humilhado, para aprender tuas prescrições. É melhor para mim a lei de tua boca do que milhões em ouro e prata. Tuas mãos me fizeram e me formaram. Instrui-me para que aprenda teus mandamentos. Ao ver-me, alegraram-se os que te reverenciam, porque espero em tua palavra. reconheço, Senhor, que teus decretos são justos e que, por lealdade, me afligiste. Console-me tua bondade, segundo a promessa feita a teu servo! Desça sobre mim tua compaixão e viverei, porque tua lei é minha delícia. Confundam-se os insolentes que me oprimem com mentiras! Eu, porém, medito em seus preceitos. Voltem para mim os que te reverenciam, os que conhecem tuas leis! Seja o meu coração perfeito, segundo tuas prescrições, para que eu não fique envergonhado!

Minha alma anseia por tua salvação: espero em tua palavra. Meus olhos se consomem por tua promessa, enquanto digo: "Quando me consolarás ?" - Sou como um odre na fumaça, mas não me esqueci de tuas prescrições. Quantos dias restam a teu servo ? Quando fará justiça contra meus perseguidores ? Fossas cavaram para mim os insolentes que não procedem conforme tua lei. Todos os teus mandamentos são fidedignos: protege-me, pois, dos que me perseguem com perfídia! Por pouco me teriam eliminado desta terra, mas nunca abandonarei teus preceitos. Por teu amor, reanima-me, para que eu observe as leis de tua boca!

Eterna, Senhor, é a tua palavra, estável nos céus. Tua fidelidade perdura de geração em geração: estabelece a terra e ela permanece; por teu decreto permanecem até hoje todas as coisas, porque estão a teu serviço. Se tua lei não fosse minha delícia, eu teria perecido em minha aflição. Jamais esquecerei teus preceitos, pois por eles me reanimaste. Sou teu: salva-me, porque tenho procurado teus preceitos. Os ímpios me aguaravam para perder-me, mas eu estava atento às tuas leis. Vi que toda a perfeição tem limite, mas teu mandamento é muito amplo.

Quanto amo tua lei! Todo o dia, nela medito. Teus mandamentos me tornaram mais sábio que os inimigos, porque são meus para sempre. Tornei-me mais perspicaz que todos os meus mestres, porque tenho meditado em tuas leis. Tenho maior discernimento que os anciãos, porque tenho observado seus preceitos. Evitei todas as veredas do mal para guardar tua palavra. Não me tenho afastado de teus decretos, porque tu me instruíste. Quão doces ao meu paladar são as tuas promessas: mais que o mel para a boca! Graças aos teus preceitos, alcancei entendimento; detesto todas as veredas da mentira.

Tua palavra é uma lâmpada para meus passos, luz para meus caminhos. Fiz um juramento que vou manter: observar teus justos decretos. Estou por demais humilhado, Senhor, reanima-me segundo tua palavra! Aceita, Senhor, as oferendas de minha boca e ensina-me teus decretos! Tenho sempre nas mãos a minha vida, mas não esqueço tua lei. Os ímpios me armaram uma cilada, mas não me desviei de teus preceitos. Tuas leis são minha herança eterna, são o gozo de meu coração. Inclinei meu coração a cumprir tuas prescrições para sempre, até o fim.

Detesto os homens inconstantes e amo tua lei. Tu és meu abrigo e meu escudo: espero em tua palavra. Afastai-vos de mim, malfeitores, quero cumprir os mandamentos de meu Deus. Sustenta-me segundo tua promessa e viverei. Não seja frustrada minha herança! Dá-me apoio e serei salvo e estarei sempre atento às tuas prescrições. A todos os que se desviaram de suas prescrições, tu os rejeitaste por causa de seus ardis traiçoeiros. Reduziste à escória todos os ímpios do país, por isso, amo tuas leis. Minha carne estremece de temor diante de ti e temo os teus julgamentos.

Pratiquei o direito e a justiça, não me entregues aos opressores! Dá garantias em favor de teu servo, para que não me oprimam os insolentes! Consomem-se meus olhos por tua salvação e pela promessa de tua justiça. Trata teu servo com amor e ensina-me tuas prescrições! Sou teu servo, dá-me discernimento e conceberei tuas leis. Já é tempo de agir, Senhor, violaram tua lei. Por isso amo teus mandamentos mais do que o ouro, o ouro mais puro. Por isso me oriento por todos os teus preceitos e detesto todas as veredas da mentira.

Tuas leis são coisas maravilhosas, por isso minha alma as observa. A explicação de tuas palavras ilumina, dá entendimento aos simples. Abro a boca e aspiro avidamente teus mandamentos. Volta-te para mim e tem piedade, como costumas com os que amam teu nome! Firma meus passos com tua palavra e não permitas que algum mal me domine! Livra-me da opressão dos homens e guardarei teus preceitos. Mostra a teu servo um rosto amigo e ensina-me tuas prescrições! Meus olhos vertem torrentes de lágrimas, por não se guardar tua lei.

Senhor, tu és justo. E teus decretos são retos. Promulgaste tuas leis com justiça e com profunda lealdade. O Zelo me consumiu, quando os adversários esqueceram tuas palavras. Tua palavra é inteiramente aprovada e teu servo a estima. Embora modesto e desdenhado, não esqueci teus preceitos. Tua justiça é eterna, tua lei é verdade. Angústia e tribulação me assaltaram, mas teus mandamentos são minhas delícias. Tuas leis são justiça eterna. Dá-me entendimento e viverei.

Invoco-te de todo o coração: atende-me, Senhor, e observarei tuas prescrições! Invoco-te: salva-me e cumprirei tuas leis! Antecipo-me à aurora, pedindo auxílio, esperando tua palavra. meus olhos antecipam-se às vigílias, meditando em tua palavra. Por teu amor, escuta minha voz: Senhor, reanima-me segundo teus decretos! Aproximam-se traiçoeiros perseguidores, que se afastam de tua lei. Tu, Senhor, estás perto e todos os teus mandamentos são verdade. De tuas leis eu sei, há muito, que tu as estabeleceste para sempre. Vê minha miséria e livra-me, pois não me esqueci de tua lei! Defende minha causa e resgata-me, reanima-me com tua promessa! A salvação está longe dos ímpios, porque não procuram tuas prescrições. Senhor, copiosa é tua compaixão: reanima-me segundo teus decretos! Numerosos são os adversários que me perseguem, mas não me afasto de tuas leis. Ao ver os traidores senti desgosto, porque não guardam tua palavra. Olha quanto amo teus preceitos e reanima-me, segundo teu amor! O princípio de tua palavra é verdade, todo decreto de tua justiça é eterno.

Príncipes perseguiam-me sem motivo; meu coração, porém, só teme tuas palavras. Encontrei alegria em tua promessa, como alguém que encontra ricos despojos. Detesto e aborreço a mentira e amo a tua lei. Louvo-te sete vezes ao dia, por teus justos decretos. Grande é a paz dos que amam tua lei: nada há que os faça tropeçar, Espero em ti a salvação, Senhor, e cumpro teus mandamentos. Minha alma observa tuas leis e eu as amo intensamente. Guardo teus preceitos e tuas leis, diante de ti estão todos os meus caminhos.

Senhor, chegue meu grito à tua presença, dá-me entendimento segundo tua palavra! Chegue à tua presença minha súplica. livra-me segundo tua promessa. Meus lábios proclamam teu louvor porque tu me ensinas tuas prescrições.Cante minha língua tua promessa, porque todos os teus mandamentos são justos! Venha tua mão em meu socorro, porque escolhi teus preceitos! Anseio por tua salvação, Senhor, tua lei é minha delícia. Possa eu viver para louvar-te, sendo-me de valia, teus decretos! Se eu me extraviar como ovelha desgarrada, vem em busca do teu servo, porque não me esqueci de teus mandamentos

www.valever.com.br

[Voltar]