Salmo 142 - Oração de um Perseguido

 

Em alta voz clamo ao Senhor, em alta voz, suplico ao Senhor. Derramo perante ele meu lamento, diante dele exponho minha angústia. Mesmo que me falte o alento, tu conheces meu caminho. Na senha que venho seguindo, esconderam-me uma armadilha. Olha para a direita e vê como ninguém se importa comigo! Não há refúgio para mim; ninguém se interessa por minha vida. Eu clamo a ti, Senhor, e digo: "Tu és meu refúgio, meu quinhão na terra dos viventes" Atende aos meus brados, porque estou muito exausto! Livra-me dos perseguidores, porque são mais fortes que eu! Tira-me desta prisão, para que eu dê graças ao teu nome! Ao meu redor estarão os justos, quando me devolveres teu favor.

www.valever.com.br

[Voltar]