Salmo 143 - Súplica na Aflição

 

Escuta, Senhor, minha oração, presta ouvido à minha súplica, por tua fidelidade e justiça, responde-me! Não cites perante o tribunal teu servo, porque, diante de ti, nenhum ser vivo é justo! O inimigo persegue a minha alma, calca por terra a minha vida; relega-me às trevas, como os que há muito já morreram. Falta-me o alento, dentro de mim falha o coração. Lembro-me dos dias de outrora, medito em todas as tuas ações, reflito sobre as obras de tuas mãos, de ti minha alma está sedenta como a terra seca. Apressa-te, Senhor, a responder-me, pois meu alento se extingue! Não me esconda tua face, senão serei igual aos que descem ao fosso. Faze-me sentir, pela manhã, tua misericórdia, pois confio em ti. Mostra-me o caminho que devo seguir, pois a ti me dirijo. Livra-me, Senhor, dos inimigos, pois em ti me refugio. Ensina-me a cumprir tua vontade, pois tu és meu Deus. Teu bom espírito me guie, por terra aplanada! Por teu nome, Senhor, conserva-me a vida! Por tua justiça, tira minha alma da angústia! Por tua lealdade, destrói meus inimigos e extermina todos os que me perseguem, porque sou teu servo!

www.valever.com.br

[Voltar]