Salmo 144 - Oração Pela Libertação e Prosperidade

 

Bendito seja o Senhor, meu rochedo, que adestra minhas mãos para o combate, meus dedos para a guerra; ele é meu aliado e minha fortaleza, meu baluarte e meu libertador, meu escudo que me dá abrigo; ele me submete meu povo. Senhor, o que é o homem para o tomares em consideração ? O mortal, para nele pensares ? O homem é semelhante a um sopro; seus dias, como a sombra que se esvai. Senhor, inclina os céus e desce, Toca os montes para que fumeguem! Fulmina os raios e dispersa-os, dispara tuas flechas e dissemina-as! Do alto estende a mão, salva-me e livra-me das imensas águas: do poder dos estrangeiros, cuja boca fala mentiras e cuja destra é mão de perjúrio! Entoar-te-ei, ó Deus, um cântico novo, a ti cantarei um hino na harpa de dez cordas. Tu, que dás vitórias aos reis e salva Davi, teu servo, salva-me da espada cruel, livra-me do poder dos estrangeiros, cuja boca fala mentiras e cuja destra é mão de perjúrio! Sejam como plantas, nossos filhos, já desenvolvidos na adolescência; nossas filhas, como colunas bem talhadas, como esculturas de um palácio! Nossos celeiros estejam repletos, Fornecendo provisões e mais provisões! Nossos rebanhos multipliquem-se aos milhares, às dezenas de milhares para os pastos! Nossas reses andem prenhes, sem acidente nem perda a deplorar em nossas praças! Feliz o povo ao qual assim acontece! Feliz o povo cujo Deus é o Senhor!

www.valever.com.br

[Voltar]